Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente

(Discurso de tomada de Posse de 19 de outubro de 2021)

Caras e caros fregueses

Antes de mais, começo por dirigir as minhas primeiras palavras a todos os fregueses da União das Freguesias do Cacém e São Marcos, que, de forma séria, democrática, consciente e cívica exerceram o seu direito de voto no passado ato eleitoral do dia 26 de setembro.

Permitam-me ainda saudar a todos aqueles, que acreditaram na Candidatura do Partido Socialista, um agradecimento muito especial, reafirmando o nosso compromisso de responsabilidade para o exercício de um novo mandato.

Tenho a honra e, sobretudo, o privilégio de tomar hoje posse como Presidente da União das Freguesias do Cacém e São Marcos.

Durante este quadriénio, juntamente com os restantes elementos que integram comigo este novo desafio e que me irão acompanhar, a eles começo por agradecer a forma íntegra e empenhada com que se dispõem a assumir este compromisso.

Desafios esses que surgirão todos os dias e, que certamente, vamos em conjunto tentar positivamente ultrapassar. O que nos vai exigir, a todos, muitas vezes, sacrifícios pessoais e familiares em prol da defesa desta causa pública.

Gostaria também de agradecer aos funcionários da União das Freguesias, pela sua dedicação à causa pública e ao bom funcionamento da vida quotidiana dos nossos habitantes, são vocês uns verdadeiros heróis do trabalho autárquico. Nada disto teria sido ou será possível num futuro sem continuar a contar com o apoio e a colaboração de todos vós. O meu muito obrigada!

Deixo uma palavra de agradecimento aos membros da Assembleia de Freguesia cessantes que, durante estes últimos 4 anos, foram incansáveis na sua dedicação em prol da nossa freguesia.

Quero agradecer à Câmara Municipal de Sintra e, em especial ao seu Presidente, Dr. Basílio Horta, pelo empenho e disponibilidade demonstrada em prol da nossa freguesia. Ao longo destes últimos 4 anos, muitos foram os investimentos feitos em intervenções no espaço público, desde o alcatroamento das diversas vias da freguesia, nos equipamentos de jogos e recreio, (polidesportivos e parques Infantis), na construção do Parque de Estacionamento do Casal do Cotão entre outras obras.

Na educação, com a intervenção nos estabelecimentos de ensino, jardins de Infância, escolas do 1º Ciclo e básicas.

Agradecer ainda, toda a colaboração e empenho do município em especial, ao longo destes últimos 18 meses, a forma articulada permitiu-nos combater a pandemia.

Permitiu ultrapassar os enormes desafios, com famílias que ao perderem capacidade económica, confinadas e sem perspetivas, recorreram aos serviços da Junta de Freguesia, ao qual respondeu a muitas famílias através do apoio alimentar, aquisição de bens e medicamentos, apoio financeiro, com vista a assegurar pagamentos de renda, água, luz.

A concretização destes objetivos só foi possível, através da articulação com todos os serviços, particularmente da Ação Social da Câmara Municipal de Sintra.

Este é o momento que marca o arranque de mais um ciclo autárquico. Impõe-se que olhemos para o passado, de forma a podermos perspetivar o futuro da nossa Freguesia. "Nunca tudo está feito", como dizia o nosso Amigo, José Estrela Duarte.

Peço desculpa, mas neste momento do meu discurso quero proferir algumas palavras, dirigidas a alguém muito especial e ímpar, para alguns simplesmente o Sr. Zé para mim "Che". Amigo estejas onde estiveres, sei, sabemos, que estás e estarás sempre connosco.
Contigo comecei esta caminhada há 8 anos atrás, aprendi também contigo a não ter "medo" das palavras, a enfrentar as situações, respeitando sempre tudo e todos. Tinhas longos discursos, partilhas-te vivências e histórias de vida, caminhavas sempre com o objetivo de ajudar os outros sem descriminação, para ti, todos eram pessoas válidas e uteis à sociedade. Tu partiste, deixando muitos ensinamentos, de amizade, de humanidade, de ética e de profissionalismo. Foste um Homem que se entregou a muitas causas, prestando um enorme serviço à freguesia que serviste e onde viveste.
Não eras perfeito, ninguém o é, tinhas as tuas "manias", eras teimoso, por vezes rabugento, mas de uma enorme humildade e de bom coração.

Contigo caminhei, contigo aprendi, tudo fiz e tudo farei para continuar a honrar a tua memória e seguir os teus princípios.
Serás para sempre lembrado por mim como um exemplo a seguir.
Obrigado amigo "Che".

Assim sendo e, no sentido de dar cumprimento às necessidades da população, irei continuar a inteirar-me de tudo o que se passa nesta Freguesia. Conheço-a do ponto de vista social, educacional, desportivo, recreativo, ambiental e institucional. E em todas estas vertentes, irei responder através do trabalho em parceria, trabalho este, que julgo ser a verdadeira alma de uma Freguesia integrada, alicerçada e desenvolvida.

Dado o crescente número de solicitações para as questões sociais e psicológicas torna-se basilar e urgente cimentar o dinamismo do serviço de intervenção social para colmatar as situações emergentes de quem nos procura e continuará a procurar.

Com esse intuito, contando com o apoio efetivo da Câmara Municipal de Sintra, iremos continuar a desenvolver ações que permitam reforçar e continuar junto com os parceiros a dinamizar vários projetos sociais. Pretendemos fortalecer as parcerias já existentes no âmbito da Comissão Social de Freguesia, de forma a potencializar a existência de ações em prol daqueles que se encontram numa situação de maior vulnerabilidade.

Vamos também continuar a apoiar projetos de promoção e de educação para a saúde, assim como a incentivar as forças vivas da freguesia a apresentarem ações que visem o bem-estar da comunidade nesta área.

Numa altura em que o emprego e a formação se constituem uma prioridade socioeconómica, cabe também à Junta de Freguesia reforçar o seu papel na prossecução do plano pessoal de emprego dos indivíduos desempregados da freguesia, de forma a facilitar e fomentar o processo de (re)integração no mercado de trabalho dos nossos habitantes.

Pretendemos apoiar o setor económico local com a criação de um Gabinete de Apoio ao Comércio (GAC), com o intuito de apoiar e promover o comércio local quer o que já existe ou o que venha a ser viabilizado, atraindo novos negócios.

Ao longo deste mandato e à semelhança do que tem vindo a ser desenvolvido nesta área, iremos continuar a apoiar os nossos seniores, mantendo o objetivo de lhes proporcionar um envelhecimento feliz e ativo. Com esse intento, vamos continuar a garantir a promoção regular de atividades/iniciativas desportivas, culturais, de lazer e tempos livres, que permitam promover novas experiências, quebrando a rotina e a solidão e contribuindo para uma prevenção e minimização de situações de exclusão social.

No que concerne à integração e preparação das crianças e jovens da freguesia para o futuro, ainda que toda a comunidade se deva sentir responsável por esta importante tarefa, a Junta de Freguesia assume um papel fulcral neste processo.

Por esse mesmo motivo, as iniciativas promovidas continuarão, como sempre, a envolver as escolas, os jovens, os professores e as associações de Pais, de forma a reforçar os laços existentes de todos os parceiros permitindo uma melhoria das condições de vida das nossas crianças e das suas famílias.

Pretendemos ainda garantir uma gestão eficaz na manutenção do espaço urbano e dos espaços verdes, promovendo uma política ambiental que permita preservar o espaço que nos rodeia e desenvolver iniciativas de sensibilização para a comunidade escolar e para a população no geral. O cumprimento e sucesso desta preservação, só será alcançável através da limpeza e da higiene urbana, bem como, da requalificação e manutenção do espaço público e de todos os equipamentos desportivos e infantis.

Se a preservação e manutenção do espaço público é um dos objetivos primordiais, a mobilidade e o acesso à freguesia também o são. Assim sendo, iremos promover, junto das entidades competentes, a conceção de um plano de estacionamento e de mobilidade, que vise a criação de novas bolsas de estacionamento e a retirada de veículos abandonados na via pública.

Asseguradas a preservação e a mobilidade do espaço público, impera garantir a sua proteção. Com a implementação da Unidade Local de Proteção Civil na Freguesia, pretenderemos reforçar e garantir a segurança dos nossos habitantes.

Ao nível da juventude, do desporto e da cultura continuaremos a desenvolver e a apoiar as várias instituições que estão na nossa freguesia, promovendo inúmeras atividades desportivas, culturais e lúdicas que garantam o lazer e a ocupação dos tempos livres da nossa população.

Gostaria de salientar que iremos continuar a melhorar os serviços prestados, procurando sempre racionalizar e otimizar os meios disponíveis de apoio à população, para que todos, sem exceção, possam ter acesso, em tempo útil, a estes serviços.

Como todos sabemos nenhum serviço funciona sem pessoas. Pessoas essas, que têm sido um exemplo na sua disponibilidade, dedicação, empenho e resiliência à causa pública.

Essas pessoas são os nossos funcionários. Desde os operacionais da recolha de resíduos urbanos, da manutenção do espaço público, do serviço cemiterial, área administrativa, técnicos da área ação social, psicologia, emprego, desporto e cultura, em conjunto com o meu executivo, contamos convosco para continuar a trabalhar com um único objetivo: servir a nossa população!

Queremos continuar a valorizar a nossa cidade.

A cidade de Agualva-Cacém, celebrou no passado dia 12 julho os 20 anos da sua elevação, a nossa cidade integrada e importante no grande município de Sintra, temos uma localização privilegiada e estratégica para o nosso Concelho.

Pensamos e desejamos tornar a nossa cidade, numa referência urbana, permitindo assim valorizar a mesma, valorizar o património e melhorar a vida de quem aqui nasceu, vive ou trabalha.

A nossa cidade tem uma população superior a mais de 81 mil habitantes.
(registados dos últimos Censos) sabemos que o número é muito superior.

A nossa Freguesia, com as suas 40 mil pessoas é também uma das maiores freguesias do nosso País.

Sendo a décima maior cidade portuguesa, Agualva-Cacém é hoje uma cidade que, depois de acolher pessoas oriundas de todas as zonas do nosso país, recebe agora dezenas de nacionalidades, comunitárias e extracomunitárias.

Esta diversidade cultural impõe atenção e esforços acrescidos para a criação do sentimento de pertença.

Para isso, em conjunto com a Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, pretendemos continuar a trabalhar em parceria em diversos projetos.
Já agora permitam-me endereçar um cumprimento especial ao meu amigo e colega Presidente Arq.º Carlos Casimiro.

Estamos Juntos! Obrigado amigo por todo o teu apoio .

Com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, pretendemos realizar a conferência "Pensar Agualva-Cacém", para refletirmos com os melhores técnicos e pensadores nacionais.

O urbanismo, a arquitetura e a dimensão social e cultural da cidade, procurando abandonar o estigma a que associamos a cidade e a generalidade das áreas suburbanas de Lisboa, otimizando os recursos públicos e melhorando a qualidade de vida das nossas populações.

Uma palavra também de apreço para todos aqueles que hoje iniciam funções na Assembleia. Quero manifestar desde já o meu compromisso em trabalhar com todos de forma leal e com respeito pelas competências de cada órgão autárquico.

Reafirmo os votos de bom trabalho a todos, e em especial aos membros do executivo, composto por eleitos na lista do Partido Socialista. Estou confiante que seremos uma equipa coesa e capaz de dar resposta aos anseios/necessidades da nossa população!

Deixei para o fim a minha família ...Foi propositado. Pela importância que a mesma tem. Começo por vos pedir desculpa pela minha ausência, pelas noites mal dormidas, pelas férias não gozadas, pelos telefonemas a qualquer hora, interrompendo também o vosso descanso.
Eu sei que tenho o vosso apoio e a vossa compreensão. E eu sei também que não é fácil, mas este foi o caminho que eu escolhi sabendo o que me esperava!
Mas mesmo assim reafirmo. Todos os dias, o vosso apoio tem sido a motivação que me leva a acreditar num trabalho assertivo e metódico. Que vale sempre a pena acreditar no outro e nas suas capacidades. Que vale sempre a pena tornar os nossos dias mais felizes e, por isso, eu quero retribuir-vos esse amor e apoio.

Ser Presidente de uma Junta de Freguesia é ser muito mais do que um Presidente! É ser confidente, é saber estar ao lado de quem precisa, é saber prevenir, é saber escutar, é saber dirigir, é saber respeitar, é saber viver com e para os outros!
É desta forma que prometo fazer mais e melhor pela União das Freguesias, da qual eu muito me orgulho.

Este será o caminho que pretendemos traçar com a população, esperando que, cada um se envolva mais na vida da nossa freguesia, pois só assim será possível melhorar a qualidade de vida de todos!

Viva o Cacém e São Marcos!

Com a População Sempre!

Paulo Adrego

O Presidente da União das Freguesias do Cacém e São Marcos

Partilhe em