24 OUT 2017

TOMADA DE POSSE, ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA UNIÃO DAS FREGUESIAS DO CACÉM E SÃO MARCOS


001 (36)

Decorreu ontem, dia 23 de outubro, no Auditório Municipal António Silva o ato de instalação da Assembleia de Freguesia. A cerimónia teve início pelas 19 horas, e durante a mesma foram eleitos os novos órgãos que irão representar a União das Freguesias do Cacém e São Marcos o quadriénio 2017/2021.

A sessão marcou o início de um novo mandato, com o Presidente reeleito José Estrela Duarte a liderar o novo Executivo da União das Freguesias do Cacém e São Marcos.

 

Discurso de tomada de posse do Presidente reeleito José Estrela Duarte. 

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia

Exmos Senhores Membros da Assembleia de Freguesia

Minhas Senhoras e Meus Senhores

Muito obrigado pela vossa presença!

Gostaria de dirigir um cumprimento especial ao Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Sintra, ao Senhor Vice Presidente da Câmara Municipal de Sintra, aos Senhores Vereadores, que muito nos honram com a sua presença nesta sessão solene de instalação dos órgãos da nossa freguesia, bem como aos Senhores Deputados Municipais, aos senhores Presidentes de Assembleia e Junta de Freguesias e aos representantes das forças vivas da União de Freguesias de Cacém e São Marcos, aqui presentes. Cumprimento especial às autoridades Militares, Civis e religiosas.

Permitam-me que dirija uma palavra de apreço e reconhecimento ao Dr. Basílio Horta, pela sua qualidade de Gestor que permitiu que fosse possível que ao fim de mais de três décadas a legalização das AUGI.

Dirijo também uma palavra de apreço e de reconhecimento aos eleitos locais que cessam funções e felicito todos os que hoje tomam posse, fazendo votos para que conjuntamente, nos próximos anos, possamos construir os entendimentos necessários para um efetivo desenvolvimento ambiental, económico e social da União de Freguesias.

Esta candidatura, foi uma candidatura de dedicação e de União e como tal gostaria de começar por agradecer a todos os que dela fizeram parte, que deram o seu contributo e empregaram a sua energia para que a mesma tivesse sucesso.

Aos cidadãos anónimos, aos independentes, aos militantes do PS e a todos os que nos deram o seu voto de confiança, o meu muito obrigado e a promessa de que tudo faremos para honrar esse capital.

Gostaria de destacar que nesta primeira fase de instalação da Junta de Freguesia foi possível alcançar condições de governabilidade do executivo.

Destaco em especial a atenção despendida a este processo, pela CDU, que aproveito para saudar. Recordando a boa governação conjunta no último mandato.

Saudar também o Bloco de Esquerda e seus eleitos, pela saudável democraticidade demonstrada.

A ambos, recordar tudo o que nos poderá unir no presente e no futuro, a favor da nossa população.

Estou certo, que podemos também contar com cooperação ativa dos restantes eleitos para se encontrar as melhores soluções para a nossa freguesia, e para as nossas gentes.

Minhas Senhoras e Meus Senhores

Recandidatei-me à Junta de Freguesia do Cacém e de São Marcos, novamente “pro-bono”, numa base voluntária, por considerar que posso continuar a dar um contributo para o seu desenvolvimento, também por entender que nos momentos difíceis, como aquele que atravessamos, ninguém deve virar as costas à causa pública e às nossas populações.

No atual contexto, mais do que nunca o papel das Juntas de Freguesia, face à sua proximidade com os cidadãos, é crucial e determinante para apoiar as famílias e os cidadãos, sobretudo os mais vulneráveis, o que fizemos no passado e voltaremos a dar prioridade.

A vontade expressa da população do Cacém e de São Marcos conferiu-nos um mandato de 4 anos para governar. Cabe-nos agora a responsabilidade de honrar esse voto de confiança para o cumprirmos.

É necessário que a Junta de Freguesia do Cacém e de São Marcos continue a investir nas pessoas, queremos uma freguesia solidária no apoio à comunidade, ao comércio, à indústria, às IPSS e às forças vivas da Freguesia.

Por isso, nos próximos quatro anos centrar-nos-emos:

1. Na segurança e proteção tal como fizemos no passado, mantendo uma relação de proximidade com a PSP e Bombeiros;

2. Na ação social, protegendo as nossas crianças, os nossos seniores, e as famílias, promovendo com o apoio da Câmara Municipal de Sintra a inserção económica e social dos mais frágeis e desfavorecidos;

3. Na saúde, acompanhando o funcionamento dos centros de saúde e mantendo ou aumentando o profícuo relacionamento já existente;

4. Na educação, tão importante para os nossos filhos e para os nossos netos, manteremos uma proximidade com os agrupamentos existentes sobretudo com aqueles que connosco queiram colaborar no interesse da comunidade escolar e suas famílias;

5. Na mobilidade e nos transportes, especial atenção para as necessidades das crianças, dos seniores e das pessoas com deficiência;

6. Na luta contra o desemprego, com medidas de apoio à inclusão dos desempregados no mercado de trabalho, pelo apoio e formação;

7. Na melhoria da qualidade de vida, com mais e melhores espaços verdes, com o espaço público mais cuidado;

8. Na Cultura, onde procuraremos reforçar a tradição cultural das nossas freguesias, apoiando atividades culturais e valorizando os nossos artistas. SP televisao.

9. Na valorização da multiculturalidade e no apoio às comunidades imigrantes que foram as primeiras vítimas das políticas de austeridade e que nós como país de acolhimento temos o dever moral de apoiar.

Continuaremos a modernizar os serviços, simplificando-os e tornando-os mais acessíveis à população.

Apostaremos na gestão próxima, rigorosa e participada, o dinheiro é público, não é nosso. Queremos continuar a ouvir todos e a contar com todos para encontrar as melhores soluções.

São estas as nossas prioridades! É esta a nossa ambição! Construir uma Freguesia solidária, uma freguesia inclusiva, uma freguesia que promova a igualdade de oportunidades entre os seus cidadãos.

Ambiciosos nas propostas, seremos ambiciosos na sua execução.

Estou certo que com a ajuda de todos alcançaremos os objetivos e com a colaboração estreita da Câmara Municipal de Sintra sob a liderança de Basílio Horta vamos conseguir superar os obstáculos que temos pela frente.

Minhas Senhoras e Meus Senhores

Este é o nosso compromisso e esta é a nossa responsabilidade.
Apelamos a que cada um assuma também a sua quota-parte;

• Às Forças vivas: às IPSS, às coletividades, às escolas, aos clubes, às empresas, mobilizem-se para todos juntos contribuirmos para o desenvolvimento económico e social da freguesia;

• Às diversas forças políticas: que atuem de forma construtiva pois é nosso desejo trabalhar de forma franca e leal, em prol da população que nos elegeu.

Finalmente uma palavra a todos os funcionários da Junta, dos quais espero empenho e dedicação, sendo certo que poderão também contar com o meu apoio, como aconteceu no passado, mesmo nos casos mais melindrosos.

Prometemos e cumprimos acabando com a precariedade e diferenças que grassavam quando chegámos.

Para terminar à minha família que suporta e incentiva o trabalho de sete dias por semana.

Obrigado, porque sabem que sou feliz assim.

Viva o Cacém e São Marcos!

Viva Sintra!

Viva Portugal !

link_fotos: https://www.facebook.com/ufcacemsmarcos/photos/pcb.914354852064694/914353408731505/?type=3&theater

Com a População Sempre!